Como o universo revolucionou o tema de Shingeki no Kyojin

Há alguns, um irritado e mais imaturo eu postou um texto sobre “Como o universo de Shingeki no Kyojin arruinou seu conceito de terror”. Para dizer a verdade, ainda concordo com essa afirmativa. Mas não é que essa mudança tão drástica acabou sendo algo extremamente positivo.  Afinal, embora os conflitos humanos dentro das muralhas, mesmo … Mais Como o universo revolucionou o tema de Shingeki no Kyojin

Gundam Narrative: amadurecendo o Universal Century

Não é surpresa para ninguém que havia bastante tensão sobre o lançamento de Gundam Narrative, ou NT, sobretudo por causa do grande sucesso entre os fãs que foram Unicorn e Origin. Muitos acharam que seria mais um caça-níquel para encher os bolsos da Sunrise, sobretudo por que não teríamos a Bandai e seus baús cheios … Mais Gundam Narrative: amadurecendo o Universal Century

Boogiepop wa Warawanai: a magia da não-linearidade integrada

*Esse texto vai até o episódio 7 do anime de 2019* Um dos pontos mais curiosos de Boogiepop and Others (Boogiepop wa Warawanai)ou mesmo “Boogiepop não ri”, é a quantidade de mistérios que ele joga direto no primeiro episódio. Claro, para muita gente, isso é um pé no saco e tem um efeito até bem negativo. … Mais Boogiepop wa Warawanai: a magia da não-linearidade integrada

Mahou Shoujo Tokushusen Asuka: entre o potencial e o mais do mesmo

Talvez o anime que mais tenha ficado entre algo com potencial e completamente irrelevante nessa temporada tenha sido Mahou Shoujo Tokushusen Asuka. Isso acontece porque ela pega dois conceitos já utilizados em séries bastante famosas: Garotas Mágicas em um mundo Sombrio Enredo ocorrendo após um grande conflito, ao invés de durante ele O primeiro já … Mais Mahou Shoujo Tokushusen Asuka: entre o potencial e o mais do mesmo

Dororo: o ganancioso, o malandro e o andarilho

Começo a ver que a minha capacidade de ver animes é menor do que a da indústria de produzi-los.   Dororo parece ser um anime com bastante potencial (como havia prometido, não pesquiso nada para fazer essas primeiras impressões, mas foi difícil escapar de algumas informações sobre ele). Temos mais um historia se passando em … Mais Dororo: o ganancioso, o malandro e o andarilho

Mob Psycho 100 II: valorize aquilo que é importante

Continuando a tentativa de fazer primeiras impressões em até 500 palavras que começou com Boogiepop… Mob Psycho II talvez seja a continuação que mais aguardo para esse ano, isso porque a primeira temporada foi uma feliz surpresa. Um dos aspectos mais instigantes de Mob Psycho e a sua aparente despretensão e o fato da serie … Mais Mob Psycho 100 II: valorize aquilo que é importante

Boogiepop: e vocês ainda chamam isso de civilização?

No ano passado, acho que devo ter assistir uns 5 animes no máximo, isso sem considerar os shonens infinitos. Isso é um grande problema para quem se propõe a falar de animes como um dos pontos centrais do seu conteúdo, não? Então, neste ano do nosso senhor de 2019, me propus a pelo menos começar … Mais Boogiepop: e vocês ainda chamam isso de civilização?

Precisamos de mais histórias em tons de cinza!

A mais recente adaptação de The Legend of The Galactic Heroes deixa bem claro que não é porque um lado coloca democrático, livre ou afins no seu nome que ele é bom, da mesma forma que não é porque um Estado se chama “Império Galático” que ele é totalmente maligno (percebam que “totalmente” é a palavra operacional aqui). … Mais Precisamos de mais histórias em tons de cinza!

Darling in The FranXX – consequências e crescimento

Com todas as peças colocadas em seu devido lugar no tabuleiro e os 2 últimos episódios da série sendo provavelmente focados em uma grande guerra e na finalização da série, esse serviu para termos as consequências das ações dos nossos heróis e vilões nos últimos tempos e para terminar o seu desenvolvimento. … Mais Darling in The FranXX – consequências e crescimento

O que Darling in The FranXX, Os Mistérios de Roswell e Kill la Kill têm em comum

Em primeiro lugar, preciso dizer que teremos spoilers de toda a trama de Kill la Kill e de Os Mistérios de Rosswell, além de alguns de Darling in The FranXX até o episódio 20. Tirando isso do caminho, vamos ao texto. Um olhar mais superficial poderia simplesmente apontar ALIENS!!! Mas como gosto de me aprofundar nos assuntos … Mais O que Darling in The FranXX, Os Mistérios de Roswell e Kill la Kill têm em comum

Darling in the FranXX… a palavra é construção (análise dos personagens e do universo)

Um dos meus grandes arrependimentos quanto a animes nos últimos anos foi não ter começado a assistir Darling in the FranXX desde o início, tudo por causa do meu preconceito besta com o conceito e design da forma que os FranXX são controlados (fico receoso de chamá-los de mechas por causa das suas característica biológica, … Mais Darling in the FranXX… a palavra é construção (análise dos personagens e do universo)

O escapismo e a fuga da realidade à fantasia e ao lúdico presentes na nossa geração

Um dos grandes males que começou a atacar a civilização humana, por volta dos anos 1970, foi a extensão com que várias “drogas que dão um barato” se espalharam. É claro, seria muito hipócrita negar, por exemplo, que uma das razões de termos vinho, cerveja e hidromel é o fato deles mesmos terem características enebriantes, ainda poderia falar do Ópio, mas já falei sobre isso neste texto aqui: O ópio e a legalização das drogas, uma lição da história (ou não) … Mais O escapismo e a fuga da realidade à fantasia e ao lúdico presentes na nossa geração