#21 – Bárbaros, ruivos e comedores de carne

Após a era dos Navios Negros¹  em 1640, a representação e imaginário japonês sobre ocidentais foi a de bestialização, mesmo assim, representações mais “realistas” continuavam a ser produzidas, particularmente sobre os “Cabelos Vermelhos”,  como os neerlandeses em Dejima² eram comumente conhecidos. Durante os séculos XVII até a metade do XIX, através do enclave em Nagasaki, um pequeno … Mais #21 – Bárbaros, ruivos e comedores de carne

#20 – Dica cultural: The Admiral: Batalha por Pearl Harbor (2011)

O filme tem a pretensão de contar os últimos anos da vida de Isoroku Yamamato, comandante supremo da frota combinada. Em seu lançamento, o filme gerou certa controvérsia, pois retratava o comandante japonês mais como um pacifista do que como um estrategista militar. Ação e batalhas épicas são pouco presentes, umas vez que o filme … Mais #20 – Dica cultural: The Admiral: Batalha por Pearl Harbor (2011)

#19 – De “defensores do império” a genocidas e mendigos

Durante o curso da Segunda Guerra Sino-Japonesa e da Guerra no Pacífico (ambos conflitos foram parte da Segunda Guerra Mundial), o Império do  Japão mobilizou cerca de 8,5 milhões de pessoas em seu esforço de guerra. Destes, cerca de 2~2,5 milhões perderiam suas vidas, incluindo um número gigantesco mortos por desnutrição e doenças nas selvas … Mais #19 – De “defensores do império” a genocidas e mendigos

#18 -A seclusão e a arte de representar alienígenas

Após a, quase, total exclusão autoimposta pelo Bakufu no Japão, política conhecida como Sakoku. Estrangeiros, principalmente ocidentais, tornaram-se figuras que despertavam a imaginação de muitos japoneses. Afinal de contas, ao contrário dos residentes de Nagasaki, dos que lutaram na Coreia ou daqueles que trabalhavam em Dejima¹, a vasta maioria dos japoneses sequer vira um estrangeiro, quiçá … Mais #18 -A seclusão e a arte de representar alienígenas